NOVO: Índice Caliber de Reputação Corporativa

Tempo de leitura: 7 minutos

O jogo do poder: como a reputação corporativa afeta a atratividade da sua empresa

A guerra por talentos continua

Segundo um estudo realizado pela Korn Ferry em 2018, até 2030, podemos esperar um déficit de talentos de 85,2 milhões de profissionais nas economias analisadas – maior do que a população atual da Alemanha. Essa escassez global de habilidades pode resultar em US$ 8,452 trilhões em receita anual não realizada até 2030 – equivalente ao PIB combinado da Alemanha e do Japão.

Durante a preparação para a Reunião Anual do Fórum Econômico, a Page Society realizou uma pesquisa perguntando a seus membros quais são os riscos mais críticos enfrentados pelas empresas em 2023. São eles:

A pandemia trouxe uma profunda transformação nas expectativas dos funcionários, reformulando suas demandas e prioridades quando se trata de onde, como e quando trabalhar. Agora, as empresas se deparam com um novo cenário para atender às necessidades em constante mudança de sua força de trabalho e os responsáveis pela área de Comunicação têm uma responsabilidade significativa de tornar suas empresas mais atraentes.

Como a imagem corporativa influencia na atração e retenção de talentos

Hoje, os empregadores enfrentam imensas dificuldades quando se trata de atrair e reter talentos. Após um período de estagnação causado pela pandemia do COVID-19, várias empresas estão entrando em uma fase de crescimento e expansão. No entanto, esse aumento simultâneo de esforços de contratação acirrou a concorrência, resultando na escassez de profissionais qualificados no mercado.

Com a intensa rivalidade por talentos, a capacidade de ser percebido como um ótimo lugar para se trabalhar é um diferencial crítico e que pode impactar significativamente a capacidade de uma marca em atrair e reter os melhores talentos.

No geral, não há apenas uma ampla evidência de que a reputação de uma empresa facilita a atração. A realidade também afeta os resultados de diferentes maneiras. 

Exemplos:

  • De acordo com um estudo realizado pela Harvard Business Review, empresas com má reputação gastam 10% a mais por contratação com salários.
  • 64% dos consumidores pararam de comprar uma marca depois de ouvir notícias sobre o mau tratamento da empresa aos funcionários (Career Arc, Employer Branding Study).
  • Funcionários da Geração millennial são 30% mais suscetíveis que a Geração X e 60% mais propensos a deixar de comprar ou promover uma marca em virtude de experiências ruins de seus colaboradores (Career Arc, Employer Branding Study).
  • 96% das empresas acreditam que a marca empregadora e a reputação podem impactar positiva ou negativamente a receita, e menos da metade (44%) monitora esse impacto (Career Arc, Employer Branding Study).

Essas são apenas algumas das muitas descobertas que destacam a profunda influência da reputação corporativa na aquisição de talentos, no comportamento do consumidor e no sucesso geral dos negócios.

Além do Glassdoor

Medir como o talento percebe uma empresa é crucial para que as organizações obtenham insights sobre sua atratividade geral como empregador, mas nem sempre é uma jornada direta.

Embora existam vários métodos comuns que ajudam a rastrear as percepções de talentos, é importante reconhecer suas limitações.

As deficiências do monitoramento de avaliações online

Uma abordagem comumente usada é monitorar as avaliações e menções da empresa em plataformas como Glassdoor ou mídias sociais. Embora essas avaliações ofereçam informações valiosas, elas representam principalmente as opiniões de indivíduos que optam por compartilhar suas experiências online.

Isso pode não fornecer uma visão abrangente de como o banco de talentos mais amplo percebe a empresa. Além disso, confiar apenas nessas plataformas pode ignorar candidatos que preferem não deixar avaliações públicas ou não são usuários ativos dessas plataformas.

O risco das pesquisas internas

Embora as pesquisas internas com funcionários possam fornecer informações valiosas sobre as perspectivas dos funcionários existentes, elas não capturam as percepções de talentos em potencial que ainda não ingressaram na organização.

O desafio de custo-efetividade da Pesquisa de Mercado

A pesquisa de mercado geralmente requer tempo e recursos substanciais, tornando difícil para as empresas obter insights oportunos sobre percepções em evolução, o que pode resultar em detecção atrasada de mudanças nas opiniões.

Consequentemente, as organizações precisam explorar abordagens mais ágeis e eficientes para capturar insights em tempo real e ficar à frente das percepções em evolução.

Saber como seus funcionários e talentos percebem sua marca traz muitos benefícios

Compreender e medir as percepções dos funcionários e talentos pode ser um desafio, mas os insights resultantes podem ter um efeito transformador no sucesso da sua organização.

Ao entender seus valores e expectativas, você pode alinhar estrategicamente seus esforços para atender às suas necessidades. Essa compreensão poderosa permite que você tome decisões informadas, promova mudanças positivas e prospere em um ambiente de negócios competitivo.

Os benefícios de cultivar uma forte reputação como marca empregadora são inúmeros. Acompanhe:  

1. Atrair e reter os melhores talentos

Uma reputação forte é fundamental para atrair e reter talentos que buscam empregadores respeitáveis ​​e confiáveis, portanto, é crucial continuar construindo percepções positivas de sua marca empregadora para permanecer competitivo na batalha por talentos.

2. Melhore o engajamento dos funcionários

A reputação tem um impacto profundo no engajamento dos funcionários. Quando uma empresa é percebida positivamente por sua marca empregadora, é mais provável que os funcionários se sintam orgulhosos, motivados e conectados ao seu trabalho e à organização como um todo.

3. Evite pagar demais por talentos

Ser percebido positivamente como uma marca atraente minimiza a necessidade de incentivos financeiros para atrair candidatos, reduzindo a rotatividade de funcionários existentes e a probabilidade de pagar demais por novas contratações.

4. Expanda seu banco de talentos

Manter uma percepção positiva pode expandir o conjunto de talentos, já que 84% ​​das pessoas consideram a cultura da empresa ao se candidatar ao emprego.

De acordo com um estudo realizado pelo Gartner, as marcas bem gerenciadas têm acesso a mais de 60% do mercado de trabalho, em comparação com apenas 40% daquelas sem uma marca forte.

5. Simplifique os processos de recrutamento

Uma pesquisa realizada pelo LinkedIn mostra que uma marca empregadora atraente acelera o processo de recrutamento, permitindo que as empresas contratem de uma a duas vezes mais rápido, pois mais candidatos estão entrando em contato de forma proativa, esperando o tempo de sourcing e agilizando todo o processo de contratação.

6. Melhores resultados

A marca afeta os fluxos de receita, pois os candidatos e os consumidores geralmente se sobrepõem. Uma experiência de candidato negativa pode ter repercussão, conforme demonstrado pelo estudo de caso da Virgin Mobile.

Experiências ruins de candidatos resultaram na perda de 6% de sua base de clientes para um concorrente, totalizando £ 4,4 milhões em receita.

Ao investir na construção de uma marca empregadora forte, as organizações podem melhorar sua imagem entre candidatos, funcionários e consumidores, gerando economia de custos e aumento de receita.

Source: The Ultimate List of Employer Brand Statistics
 

Estratégias para melhorar a reputação corporativa para atração e retenção de talentos

No cenário em evolução de hoje, as marcas devem se basear em dados, tanto sobre as expectativas dos funcionários quanto de seus talentos. Como a dinâmica do relacionamento entre indivíduos e empresas muda rapidamente, a medição e avaliação contínuas são essenciais.

Na Caliber, reconhecemos a importância da mensuração em tempo real das percepções das partes interessadas. Dentro do nosso modelo de pesquisa, um dos elementos centrais é avaliar a disposição das partes interessadas em trabalhar para uma empresa.

Vemos essa disposição como um resultado ou comportamento esperado e influenciado pela forma como os indivíduos percebem vários atributos associados à empresa.

Por exemplo, se os participantes da pesquisa perceberem que falta liderança, integridade, engajamento ou atividades ESG da empresa, é altamente provável que isso afete sua tendência de considerar o emprego nessa organização.

Como o Caliber ajuda as marcas a aumentar a atração?

Nossa plataforma realiza pesquisas contínuas, proporcionando visibilidade em tempo real sobre como diferentes aspectos de uma empresa são percebidos.

O que nos diferencia de outras soluções, como estimativas online, pesquisas internas e pesquisas de mercado, é nossa metodologia objetiva e representativa.

Vamos além de confiar apenas em revisores on-line ou sites de classificação de ativos. Nossa pesquisa captura um conjunto mais amplo de segmentos de talentos, que podem ser divididos por idade, sexo, educação, profissão e muito mais, capacitando os tomadores de decisão a se envolverem nas perspectivas de seus grupos de stakeholders mais importantes, incluindo jovens talentos.

Além disso, nossa abordagem está vinculada a outras métricas, como Confiança e Admiração, permitindo-nos identificar os principais fatores e gatilhos que influenciam a atratividade do cliente.

Com o monitoramento da Caliber, as empresas obtiveram o conhecimento e a compreensão necessários para elaborar estratégias poderosas  e impulsionar o sucesso da marca.

Hoje, nossa plataforma de monitoramento tem a confiança de várias empresas globais para avaliar o sentimento do público em relação à sua marca em mercados específicos.

Quer saber mais como podemos ajudar? Entre em contato conosco.